sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Um dos que não voltou..

Um dos nossos companheiros que tombou ao serviço da pátria por uma causa sem nexo. Foi abandonado numa parcela de terra de cor vermelha, talvez misturada com o seu próprio sangue. Caiu sem poder se despedir dos que o amavam e o perderam para sempre.
Hoje passados 44 anos já pouco resta da sua campa, e não tardará o seu desaparecimento total. Os sucessivos governos nunca tiveram vontade política para trazer os milhares de militares que foram abandonados nas três frentes de combate..mereciam! Era uma obrigação de todos aqueles que viveram á sombra do nosso esforço e dedicação.

           Armando Silva de Jesus

               

              Cruz de Guerra de 3.ª classe (Título póstumo)

Armando Silva de Jesus, Soldado Atirador n.º 17320271, natural da Terra Grande, freguesia de Serra de Água, concelho de Ribeira Brava, mobilizado pelo Batalhão Independente de Infantaria 19, para servir na Região Militar de Angola, integrado na Companhia de Caçadores 3411.
Tombou em combate no dia 22 de Janeiro 1973
Está sepultado no cemitério de Santana (Catete, Luanda), em Angola, no talhão militar, campa 23



Enviar um comentário