sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

ELOS QUE SE PERDERAM....

Na verdade, foi o nosso tempo, e ninguém pode mudar os acontecimentos. Com atribulações, angústias e sonhos adiados, fomos a geração de valentes que a Pátria chamou.
Passados tantos anos, só algumas recordações permanecem, outras vão-se desvanecendo no tempo empurrando-nos cada vez mais para o adeus final!


ENTARDECER
Neste entardecer nublado 
Sinto meu coração como ele
Vertigens de um passado 
Que nunca esquecerei...
Vejo - te em brumas orvalhadas 
Teus olhos fixos nos meus 
De uma despedida forçada...
Meus lábios junto aos teus...
Meu amor como fico triste 
Quando recordo essa partida 
Que levou nossas ilusões 
E projectos da nossa vida. 
Sinto e sentirei sempre 
O teu rosto nesse dia 
Que encostado ao meu 
Mostraste a emoção 
Que o teu coração sentia.
Num breve Adeus partiste 
Ficamos os dois a chorar. 
De saudades que já sentíamos 
Até de novo voltares.
Rosete Cansado



Enviar um comentário