quinta-feira, 4 de março de 2010

VIÚVAS DA GUERRA


                                 
                              

Estiveram em alerta permanente, tendo o coração numa ânsia constante.
Lá longe estava a "outra" metade, e por ela, sofriam em silêncio, procurando um dia, recuperar o tempo perdido na espera, que por vezes não tinha retorno.
Algumas ficaram no negro, tanto no vestir como no coração.
Em homenagem a todas essas mulheres, do meu País, aqui fica esta canção, escrita , musicada e interpretada por Pedro Barroso.
Enviar um comentário