sábado, 6 de fevereiro de 2010

GAFANHOTOS





Durante os vinte e sete meses de permanência no Songo, tive o "privilégio" de assistir a duas pragas de nuvens de gafanhotos, sendo assolado por sensações muito díspares! A primeira de espanto, pela enormidade dos viajantes que esvoaçavam em direcções diversas, a maioria chocando contra os postes de iluminação e caindo no chão, onde os esperavam os nativos, guarnecidos de latas de conserva, óbviamente vazias, mas que gradualmente se iam enchendo com os gafanhotos de côr esverdeada.
A segunda sensação foi de repulsa, por aquilo que presenciei! Fiquei posteriormente a saber, que os gafanhotos eram para eles um manjar dos Deuses!!!