quinta-feira, 19 de março de 2009

"Adeus, até ao meu regresso!"

Frase emblemática que passou ,durante os anos da guerra colonial, pela RTP e algumas rádios nacionais, caso da antiga Emissora Nacional.
Traduzia ela própria uma panóplia de sentimentos, onde se incluía a emoção, saudade e a incerteza do regresso.
Os momentos eram vividos com alguma intensidade emocional, e por vezes surgiam sem grande surpresa, algumas "gaffes" como:"Um ano novo cheio de propriedades".
Para todos aqueles que calcorrearam terras de África um "Adeus, até ao meu regresso!".

                
                         
Enviar um comentário