quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Vias de Comunicação



Em 1961, ano do início das acções de guerrilha em Angola, existiam, neste país, cercade 36.000 quilómetros de estradas. Em 1974, a rede viária tinha ultrapassado os
80.000 quilómetros, 12 por cento dos quais asfaltados. Durante os três primeiros anos a acção de construção e manutenção de rodovias esteve inteiramente entregue ao Batalhão de Engenharia que, em 1964, deu origem ao Agrupamento de Engenharia de Angola. Na fase posterior do conflito, a Junta Autónoma de Angola trabalhou estreitamente com a entidade militar, tendo-se conseguido atingir a média de construção de  1.100 quilómetros de estradas por ano.






Sem comentários: