segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Ramalho/O Electricista

Foi um dos elementos civis do Songo, que mais se integrou na relação civil/militar.
Além de ser projeccionista dos filmes que passavam no CDRS(Clube Desportivo e Recreativo do Songo),duas a três vezes por semana, era ainda o homem que controlava o grupo de geradores Lister que "alimentava" de energia a vila do Songo.
A amizade perdurou no tempo, e hà alguns anos atrás, tive a grata surpresa de ser convidado para visitar a sua casa, em Mogofores, e participar com a restante família, na degustação de um saboroso leitão, que ficou retratado para a posteridade.

Enviar um comentário