sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

ESFARRAPADOS


Pela vizualização da foto, podemos aferir a dureza da refrega com o "inimigo".
Após a chegada ao Quivuenga, foi solicitada a presença do fotógrafo do "dia", afim de retratar os heróis quase em "pêlo". Os vestígios de sangue não são visíveis, pois tinha chovido torrencialmente um pouco antes, e as feridas foram "levadas"!!!

1 comentário:

Anónimo disse...

Camaradas

Também eu estive por essas bandas, pertenci à CART 3451 / BART 3860.
A minha companhia esteve no Lucunga, 80 km a norte do Songo, durante 29 meses.

Muitas vezes passei pelo Songo, a caminho de Carmona, muitas vezes passei pelo Quivuenga a caminho das fazendas e de operações.

O quadro da fotografia, é-me familiar, também o pessoal do meu grupo se esfarrapou na última operação, antes do regresso a casa, curiosamente no mesmo sítio, o Quivuenga.

Saúde para todos.

Luís Cabral