domingo, 24 de agosto de 2008

E.P.C.



                                                                                 
                                                                                 

Parti em direcção à Escola Prática de Cavalaria em Santarém no dia 06 de Abril de 1970,a fim de frequentar o 2º Turno do Curso de Sargentos Milicianos que viria a terminar em 20 de Junho do mesmo ano.
Por lá foram vividos momentos de angústia e sofrimento, desde as célebres maratonas até Vale de Cavalos, passando pela "frigideira" (parada do destacamento)aonde chegávamos a estar 4/6 horas em pé com o equipamento completo, sob o sol tórrido de Verão, tendo como guarda-sol o capacete de aço que em alguns momentos chegava a pesar um"alqueire" e estrelava um ovo num "piscar de olhos". Como complemento tinha-mos o prémio das "24horas de Santarém", que irei dissecar mais tarde numa outra narrativa.
Assim era a realidade de um "puto" de 20 anos, retirado abruptamente dos braços do seio familiar e de todo um mundo imaginário cheio de sonhos côr de rosa.
Enviar um comentário