quarta-feira, 30 de julho de 2008

"Romeus e Julietas"







Alguns de nós foram priviligiados ao poderem "âncorar" em porto seguro. Tivemos o acompanhamento no nosso percurso de guerra, de belas "Julietas" que tiveram o condão de nos amenizar nas agruras do dia a dia, por terras de Angola. A guerra por vezes esvaía-se em poemas de amor, fazendo-nos lembrar a célebre frase "Make love not War".

segunda-feira, 14 de julho de 2008

PICNIC


















Acontecia por vezes instalar-se uma certa monotonia no pessoal, logo, para dar uma maior dinâmica, o nosso comandante da Companhia tratava de organizar umas excursões/incursões ás matas circundantes, e para não se passar "fomeca" esmerava-se e tratava de arranjar um cardápio de fazer inveja ao restaurante do Ritz. Para atestar a veracidade da situação, junto fotos tiradas na altura.








terça-feira, 8 de julho de 2008

MÃE

Foi para todos nós, a pessoa que nos deu o ser, permitiu-se dizer "és meu" e mais tarde deixou-nos "voar".
Sofreram com intensidade a nossa partida para o incerto, mas dentro delas sempre tiveram a secreta esperança de um dia regressarmos. Algumas infelizmente tiveram a dôr de não os vêr chegar e "alimentaram" toda uma vida o sofrimento da perda.
Hoje sou um dos que já a viu "partir",no entanto a saudade persiste e dói,por isso aqui quero prestar uma homenagem sentida a todas as mães da "guerra".

segunda-feira, 7 de julho de 2008

"Dar banho à minhoca"



Tivemos os nossos momentos de lazer, e estes caíam que nem "ginjas", pois o calor e o pó eram uma constante por aquelas paragens. Para lavarmos a nossa "carcaça", organizávamos "excursões" até à "piscina municipal" que ficava a uns dois Kms do Songo, em direcção ao Quivuenga. Por lá refrescava-mos as "ideias" e o corpo, e como se pode ver acompanhados pelas nossas "amigas" G3, que eventualmente poderiam servir de arpão, para capturar alguns "carapaus" de água doce.


quarta-feira, 2 de julho de 2008

Songo Fashion Week

















Semana potencialmente dedicada á moda masculina. Os modelos eram
"recrutados" em Portugal, sendo oriundos das mais variadas regiões. Todos
eles foram pagos a "peso de ouro"pelo impulsionador do desfile, que no
caso especifico era a RMA(Região Militar de Angola).Aqui ficam registadas para memória futura algumas imagens dos modelos, que na altura tinham o "toque" de Yes Saint Laurent.