quarta-feira, 5 de março de 2008

ONZIMA








Este nome foi "descoberto" já em Angola, estávamos nós em Zona de Intervenção a chamada zona de"porrada" mais precisamente na Vila do Songo, pertencente ao antigo Distrito de Uíge,local rico em café, com várias fazendas controladas pelo "branco",então alguns dos meus camaradas iniciaram a construção do crachá,que era o orgulho de todos nós,assentava que nem uma luva no nosso velho camuflado, e retirando um excerto do livro "Também eu estive lá..." escrito pelo nosso Alferes Lino Rei«desenhado em forma de circunferência, com uma coroa circular sobreposta de raio maior, em cerca de um terço da anterior,pintada a negro e encimada pelo nome de guerra da Companhia,ONZIMA.No centro, um hexágono, contendo, a cor vermelho-vivo, o mapa de Angola e delimitado,,ao meio, em três das suas faces exteriores,por três cordas entrelaçadas, símbolo da conjugação e união de esforços.VIS ET IUS significando o direito da força e a força do direito, simbolizando a legitimidade de uma guerra em vista da coesão da nação e escrito em fundo azul.
ONZIMA=Deturpação linguística, propositada, de décima primeira, número das dezenas de 3411

Sem comentários: